O Olho que tudo Vê. Série: Mitologia Ancestral, Vídeo 09.

Por Carlos Alberto Carvalho Pires.  As civilizações ancestrais trazem até nós o Mito do Olho Onisciente e Onipresente, aquele que Bentham chamou de “Panóptico”. Vários pensadores se debruçaram sobre este poderoso instrumento esotérico ao longo das eras, como Platão, Plauto, Hobbes, Rousseau, Freud e Foucault. Neste vídeo sugerimos breves reflexões, à luz da doutrina iniciática mais relevante, sobre esta inquietante figura simbólica que tanto nos fascina e assombra. cacpires.wixsite.com/filosofia.

 

Anúncios