Da Série: “MInhas Jornadas Filosóficas pelo Mundo”, video 080.

PETRA, A cidadela dos Nabateus (1200 a.C.), foi o alvo de nossa aventura no deserto de Wadi Moussa, Sudoeste da Jordânia. Este sítio arqueológico magnífico está a disposição dos bravos beduínos contemporâneos que se interessam pelos mistérios dos povos do Oriente Médio. Minha experiência em Petra foi uma catarse de sensações e imagens. Começou em Israel – você tem que ir por Amman ou por Eilaat, Israel. O acesso não foi fácil. Cruzei a fronteira a pé. De Aqaba foram 4h de carro ( taxi). Não tem vôos diretos para a cidade mais próxima. Mas vale a pena. Para achar os maiores (e menos óbvios) tesouros é preciso cavar fundo. Recomendo a todos os ascetas filosóficos que conheçam esta maravilha, e viva o deserto! Abços.